Nome completo: Plinio Maciel Cordeiro Gomes

Nome Artístico: Plinio Maciel

Cidade de Nascimento: Surubim – PE

Início das atividades: 1993

Atividades Realizadas: ator

Imagens: Acervo pessoal

 

 

A história de Plínio com o teatro começa aos seis anos de idade, ao assistir uma apresentação de circo, que lhe contagiou a ponto de incorporar os traquejos dos palhaços como sua brincadeira preferida. Tal inclinação para a absorção de tipos cômicos e facilidade para decorar falas chamou a atenção de sua professora na escola, que logo tratou de incluí-lo em praticamente todas as encenações de cunho educativo e religioso. Então, dos 7 aos 12 anos, o teatro virou parceiro indispensável dos estudos, embora Plínio enxergasse o ofício com um olhar mais lúdico.

O amadurecimento da vontade de ser ator veio aos 18 anos, quando Plínio decidiu fazer um teste para entrar no Grupo Fantasia, iniciativa local que iria movimentar o cenário cultural de sua cidade. A experiência em cinco montagens com a companhia lhe abriu as portas de textos, autores e toda uma nova visão de mundo. Para conseguir mais desafios, mudou-se para o Recife em 1997, e buscou o curso regular de interpretação do SESC Santo Amaro. Desde então, vem acumulando êxitos de crítica e público.

Sua estréia em palcos recifenses se deu em “Maria de Magdala”, de Ivo Barreto, com direção de Eron Villar. Entre outros destaques, encontram-se diferentes autores como Joaquim Cardozo, em “Antônio Conselheiro” e Garcia Lorca, com “O público”, ambos dirigidos por Érico José. Atualmente, leciona na rede municipal do Recife e continua explorando o território cênico, buscando novas formas de atingir o público e desafiar sua criatividade, através de espetáculos domiciliares, que visa descentralizar o circuito cênico na cidade e buscar uma maneira de criar frente à escassez de pautas nos palcos locais.

 

Formação:

Pedagogia (Fundação de Ensino Superior de Olinda – Funeso)
Especialização em Cultura Pernambucana (Faculdade Frassinetti do Recife – Fafire)

Oficina de Palhaçaria e Perna de Pau – Studio Nova Dança, Bixiga, São Pauo (2000)

 

 

Print Friendly